Financiários

  • 20/06/2017

    Financiários receberão reajuste salarial de 4,38% em 2017

    Índice contempla INPC de 3,35% na data-base mais 1% de aumento real garantido pela CCT

    Foto: Jailton Garcia

    Os financiários receberão reajuste salarial de 4,38%, em 2017. O índice foi definido pelo fechamento do INPC de junho de 2016 a maio de 2017, em 3,35, mais 1% de aumento real, que representa um acumulado de 4,38%. A PLR também será reajustada por este índice. 

    “Na conjuntura atual, podemos dizer que a negociação para dois anos foi acertiva. Um índice com aumento real, no cenário atual não seria nada fácil”, defende Katlin Salles, diretora da Secretaria do Ramo Financeiro. Ela informa que nos próximos dias será marcada mesa de negociação com a Fenacrefi para tratar das cláusulas sociais que foram pautadas durante a 2ª Conferência Nacional dos Financiários, realizada no início do mês.

    PLR será paga até 30 de setembro

    Foi necessária uma retificação no Parágrafo Único da cláusula IV da Convenção Coletiva de Trabalho Aditiva – 2016/2018 dos financiários. A regra trata das financeiras que possuem programas próprios de PLR e pagam a antecipação desses programas juntamente com o adiantamento estabelecido na CCT Aditiva PLR. A mudança teve de ser feita para adequar a data de 30 de junho para 30 de setembro, pois o pagamento está condicionado à divulgação do seu balanço semestral.

    Assim, o texto corrigido passa a ter a seguinte redação: “Parágrafo Único: Até o dia 30/09/2017, as empresas representadas pelo SINDICATO DE EMPREGADORES efetuarão um pagamento de R$ 1.490,57 (hum mil, quatrocentos e noventa reais e cinquenta e sete centavos), reajustado em 01/06/2017 pelo INPC/IBGE acumulado de junho de 2016 a maio de 2017, acrescido de aumento real de 1% (um por cento), referente ao adiantamento do valor fixo constante no caput desta cláusula”.


    Com informações da Contraf-CUT