Geral

  • 10/08/2018

    Bancários do Paraná estão mobilizados contra retirada de direitos

    Em assembleias realizadas em todo o estado, bancários rejeitaram proposta e aprovaram mobilizações.


    Foto: SEEB Curitiba

    Na noite da última quarta-feira, 08 de agosto, a categoria bancária referendou a rejeição à proposta econômica apresentada pela Fenaban, representação patronal dos banqueiros, ao Comando Nacional dos Bancários na última reunião de negociação. Com lucro expressivo em 2018, de R$ 20,3 bilhões nos três primeiros meses do ano juntando as cinco maiores instituições financeiras do país, os banqueiros ofereceram somente reposição da inflação para verbas salariais, benefícios e PLR. Isso significa que o lucro aumentou 18,7% no comparativo com 2017, mas o repasse pretendido aos trabalhadores seria equivalente a uma projeção de 3,9%, para a data-base em 01 de setembro.

    As assembleias dos trabalhadores bancários do Paraná, realizadas pelos sindicatos de Curitiba, Londrina, Guarapuava, Arapoti, Campo Mourão, Umuarama, Cornélio Procópio, Apucarana, Paranavaí e Toledo também deliberaram sobre as atividades de mobilização para hoje, 10 de agosto, Dia do Basta contra os retrocessos e corte de investimentos, convocado pelas centrais sindicais.

    Em Curitiba, um ato reúne as diversas categorias cutistas de trabalhadores em frente à sede da FIEP, federação patronal das indústrias, na Av. Cândido de Abreu, no Centro Cívico, às 11h00. Mais cedo, os petroleiros realizaram manifestação em frente à Repar, em Araucária.. Os bancários estão participando das mobilizações.

    “Ressaltamos a importância da efetiva participação dos bancários e bancárias neste dia de atos públicos, sexta-feira, 10 de agosto, Dia do Basta, pois estamos em plena campanha salarial da categoria bancária, os bancos não apresentam proposta decente e somente a união da categoria e de toda a classe trabalhadora poderá reverter esse quadro”, explica Sandra Homeniuk, representante da regional Pactu.

    Paula Zarth Padilha Fetec-CUT-PR