Geral

  • 27/09/2018

    Roda de Conversa destacou importância da educação que liberta

    Encontro contou com a participação da cientista social, com mestrado em Educação, Ana Inês Souza.


    Foto: SEEB Curitiba

    Na última terça-feira, 25 de setembro, foi realizada mais uma edição da Roda de Conversa, desta vez sobre o tema Educação, sob uma perspectiva emancipadora, a partir do olhar de Paulo Freire. A cientista social, com mestrado em Educação (UFPR), Ana Inês Souza iniciou o debate com uma reflexão sobre a sociedade e os seres humanos que queremos.

    Na perspectiva de Paulo Freire, a Educação deve ajudar as pessoas a desvelar a realidade para, assim, poder transformá-la; ao mesmo tempo em que as pessoas vão se transformando e emancipando.

    Neste processo, escutar o outro (o público com o qual trabalhamos) é fundamental. Pois, se a educação tradicional se caracteriza pelo simples repasse de informações e conhecimento, a educação para libertação e emancipação se caracteriza pelo respeito às diferenças, humildade e pelo compromisso com a transformação.

    É a escuta que marca o início da educação como prática da liberdade, propõe Paulo Freire no livro Pedagogia do Oprimido.

    SEEB Curitiba