Caixa Econômica

  • 09/03/2018

    Sindicato denuncia gestão machista da Caixa

    Bancárias em licença-maternidade foram descomissionadas e transferidas compulsoriamente.

    Neste dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, o Sindicato dos Bancários e Financiários de Curitiba e região aproveitou a data para denunciar situações de machismo que estão ocorrendo na Caixa Econômica Federal. A entidade sindical tem recebido denúncias de bancárias que, em virtude da licença-maternidade, foram descomissionadas, transferidas compulsoriamente de unidade e tiveram seus salários reduzidos pelo banco.

    “Essas medidas mostram que a atual gestão da Caixa é machista e não vê com bons olhos a maternidade, já que as trabalhadoras mães estão sendo penalizadas por suas escolhas”, destaca o dirigente sindical Genesio Cardoso. Além da distribuição de panfletos denunciando a situação em agências da região central, o Sindicato também já está em contato com a Superintendência para resolver a situação.

    Confira o panfleto que foi distribuído:

    Renata Ortega SEEB Curitiba