Caixa Econômica

  • 22/11/2018

    Caixa coloca agência-caminhão no Centro de Curitiba

    Banco desloca clientes e bancários sem necessidade, gerando ainda mais transtornos no atendimento.

    Desde esta quarta-feira, 21 de novembro, a Caixa Econômica Federal está com um container – chamado Caminhão da Adimplência Quita Fácil – para atender clientes endividados na Praça Rui Barbosa, no Centro de Curitiba. O caminhão deveria ser uma alternativa àqueles que por algum motivo não têm acesso às agências, porém, não é o que tem acontecido.

    Em visita ao local, dirigentes do Sindicato dos Bancários e Financiários de Curitiba e região constataram que todos os clientes presentes haviam sido direcionados para o
    container após buscarem atendimento em suas próprias agências. “Não tem o menor sentido a Caixa disponibilizar um local de atendimento precário, sem estrutura adequada de ventilação, higiene e segurança, quando há agências disponíveis para tal. Ao que parece, o banco está querendo retirar os pobres endividados de suas agências”, resume Genesio Cardoso, dirigente sindical.

    Quando questionado pelo Sindicato, um dos clientes da agência-caminhão informou que mora e trabalha em Pinhais, na região metropolitana, mas precisou pedir liberação ao patrão no período da tarde para se deslocar até o Centro da capital após ser direcionado pelo atendimento de sua própria agência, em Pinhais. Clientes das agências Sítio Cercado, Novo Mundo, Francisco Derosso e Rui Barbosa também informaram terem sido obrigados a se dirigir à agência-caminhão.

    Vale lembrar que o
    container foi instalado a menos de 100 metros da agência Rui Barbosa e que a Caixa possui mais de 50 agências em Curitiba. Ainda segundo o próprio banco, além do Caminhão da Adimplência, estão disponíveis o site www.negociardividas.caixa.gov.br, o telefone gratuito 0800 726 8068 (opção 8) e as agências bancárias para a regularização das dívidas.

    “Ou seja, não existe explicação para a Caixa tirar os clientes de dentro de suas agências, nem parar deslocar bancários de seus locais de trabalho, que já estão com falta de pessoal, para o
    container. É um transtorno a mais para todos!”, conclui Genesio Cardoso. Representantes do Sindicato estão no local, informando os clientes sobre a possibilidade de serem atendidos nas agências.

    SEEB Curitiba