Banco do Brasil

  • 23/05/2017

    Sindicato conquista Cassi para oriundos do BESC

    Os incorporados ao BB lutavam desde 2011 pelo plano de saúde. Agora, ação garante opção pela Cassi.

    Os bancários do Banco do Brasil que foram incorporados do BESC agora podem optar pelo plano de saúde Cassi. Esses trabalhadores ainda não tinham a isonomia de direitos dos demais empregados do BB desde a incorporação. Em 2011, o Sindicato dos Bancários de Curitiba e região entrou com ação trabalhista e, após decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) em março, não cabe mais recurso pelo banco e está em fase de execução.

    A ação trabalhista 8127.2011.2 beneficia todos os bancários oriundos do BESC da base territorial do Sindicato. O BB deve disponibilizar a opção de adesão ao plano de saúde da Cassi, sob pena de multa diária de um dia de salário por empregado, na hipótese de descumprimento.

    "Alguns desses bancários não tinham nenhum plano de saúde e não tinham a quem recorrer, a não ser ao SUS. Os outros poderão optar pela Cassi em troca do atual SIM, sendo que a Cassi tem melhores coberturas, como por exemplo a entrega de remédios de uso contínuo, além de outros programas conquistados ao longo de anos de luta. E na Cassi nós elegemos nossos representantes", explica Alessandro Garcia (Vovô), diretor do Sindicato.

    A sentença da Juíza do Trabalho Hilda Maria Brzezinski da Cunha Nogueira determina que “o direito de associação ao plano de saúde da Cassi (deve ser) nas mesmas condições asseguradas aos empregados cujo vínculo empregatício foi firmado diretamente com o Banco do Brasil”.

    O Banco do Brasil recorreu dessa decisão, indo até o TST, no entanto, em 20 de março, os Ministros do Órgão Especial do Tribunal, por unanimidade, negaram recurso. De acordo com Mauro Auache, advogado do Sindicato, os beneficiários podem imediatamente exercer o direito de associação à Cassi.

    Sindicato está em contato com beneficiados pela ação

    Os diretores do Sindicato estão entrando em contato com todos os bancários oriundos do Besc que estão na lista apresentada pelo BB à justiça. A lista pode não contemplar todos, por transferências posteriores à data dessa lista, por exemplo.

    Se você é bancário oriundo do Besc e não recebeu um comunicado do BB falando sobre a opção pela Cassi, entre em contato com o Sindicato preenchendo o formulário abaixo:

    Paula Padilha SEEB Curitiba