Banco do Brasil

  • 05/12/2017

    BB: Superintendência estadual cancela reunião com Sindicato

    Dirigentes sindicais querem explicações para descomissionamentos de gerentes gerais.

    Após o descomissionamento de dois gerentes gerais da base do Sindicato dos Bancários e Financiários de Curitiba e região e outros três no estado do Paraná, base da Fetec-CUT-PR, os dirigentes sindicais solicitaram uma reunião com a superintendente estadual do Banco do Brasil, Marcelo Palhano, para mais esclarecimentos. A reunião havia sido marcada para a tarde desta terça-feira, 05 de dezembro, na sede da Superintendência em Curitiba.

    Saiba mais
    BB descomissiona gerentes gerais em Curitiba e região

    No entanto, na tarde de hoje, o Sindicato foi avisado que, por questão de agenda, o superintendente poderia receber os dirigentes apenas na sede da Gestão de Pessoas (Gepes). Como o assunto a ser tratado extrapola a alçada da Gepes, que já havia sido acionada, os dirigentes solicitaram a transferência da reunião para o Espaço Cultural e Esportivo (localizado a poucos metros da Gepes). Mas o superintendente disse não estar disponível para ir até o Sindicato e cancelou a reunião.

    Motivo
    Questionada pela Comissão de Empresa do BB (CEBB), que representa os funcionários, e pela Contraf-CUT, a Diretoria de Pessoas (Dipes) do banco informou que o motivo dos descomissionamentos foi “mau desempenho”. “Mas esta explicação não nos convence, uma vez que os gerentes gerais disseram não apresentar avaliação negativa. Nós queremos saber o real motivo dos descomissionamentos. Além disso, estamos preocupados com toda a condução do processo, sobretudo com os funcionários de agências que continuam sendo fechadas em entram em VCP”, destaca Ana Smolka, dirigente sindical.

    O Sindicato informa que já está tomando as medidas legais cabíveis para preservar os direitos desses trabalhadores. O Ministério Público do Trabalho (MPT), que já vinha acompanhando os processos de reestruturação e intermediando as realocações, será novamente acionado.

    Renata Ortega SEEB Curitiba