Banco do Brasil

  • 20/12/2017

    BB ignora pedido do Sindicato e mantém ambiente insalubre

    Funcionários alocados no Edifício Século XXI trabalham com placas de fungos a um metro da cabeça

    Desde o dia 15 de dezembro o Sindicato denuncia ao Banco do Brasil e solicita providências à Gepes/SESMT para que substitua placas no teto da sede do BB no Edifício Século XXI, localizado no centro de Curitiba. As placas estão tomadas por fungos e ficam a uma distância aproximada de somente um metro da cabeça dos bancários.

    Diante desse cenário, o Sindicato expõe as condições de trabalho a que esses bancários estão submetidos e vai encaminhar, via Secretaria Geral, denúncia para a Saúde Pública. O local tem 30 funcionários.


    Paula Padilha SEEB Curitiba