Banco do Brasil

  • 04/01/2018

    Permanece descaso com falta de funcionários em agências do BB

    Banco descumpre promessa de solucionar a questão e prejudica a população

    Desde outubro do ano passado, o Sindicato vem tentando negociar com o Banco do Brasil uma solução para a falta de funcionários em algumas agências de Curitiba: Seminário, Alto da XV, Mercês, Cajuru e também das agências Ahú e Universidade, que após reestruturação ficaram sem gerência, sobrecarregando os escriturários e prejudicando o atendimento à população.

    Segundo a dirigente sindical Ana Smolka, após protestos dos trabalhadores, que denunciaram a precarização das condições de trabalho, o banco se comprometeu a apresentar uma solução até o final de dezembro, aumentando a dotação em 2 comissionados para cada agência, o que na prática não ocorreu.

    “Constatamos que o problema permanece. O banco não cumpriu o prazo e as agências continuam somente com escriturários na dotação. Lamentamos o descaso e principalmente a falta de alçada destes funcionários que fazem promessas que não podem cumprir” denuncia Smolka.

    A dirigente informa ainda que o assunto será levado pela Comissão de Empresas em reunião com o banco que acontece nesta quinta-feira (4), em Brasília.

    “Não vamos aceitar o descaso do banco, são inúmeros postos de atendimento fechados, mesas vazias... precisamos da reposição de funcionários imediatamente. Estamos mobilizados em defesa patrimônio público e não vamos aceitar esse desmonte” finaliza Ana Smolka.

    Camila Cecchin SEEB Curitiba