Opinião

  • 12/12/2018

    Caixa descumpre agenda de negociações

    Reunião com a CEE/Caixa foi suspensa. Pauta foi proposta por empregados de todo o País.

    A Comissão Executiva dos Empregados da Caixa Econômica Federal (CEE/Caixa) teria uma reunião de negociações com o banco nesta quarta-feira, 12 de dezembro, em Brasília. O fechamento de unidades, as agências digitais e quiosques, o Programa de Desligamento Voluntário (PDV), a extinção da função de tesoureiro, o Processo de Seleção Interna (PSI) entre vice-presidências, as metas de vendas e os descomissionamentos de caixas, além do leilão da Lotex, seriam os assuntos da pauta.

    “Mas, o banco não garantiu a realização e a reunião foi cancelada", informou o coordenador da CEE/Caixa, Dionísio Reis. “Todos os assuntos que seriam tratados são fundamentais para os empregados. Sem contar os prejuízos financeiros, deixar de confirmar a reunião na véspera de sua realização prejudica o planejamento e a mobilização dos trabalhadores”, disse indignado o dirigente, lembrando que bancários de todo País foram convidados a participar da reunião com sugestões das pautas a serem debatidas na mesa de negociações com o banco.

    Dionísio informou ainda que a CEE/Caixa vai debater com as entidades sindicais e os empregados a solução para os temas que estavam pautados para a mesa de negociações e planejar a resistência para o ano 2019.

    Contraf-CUT